quarta-feira, 31 de julho de 2013

Papa escolhe o tema da fraternidade para o Dia Mundial da Paz 2014

“Fraternidade, fundamento e caminho para a paz”: este é o tema do 47º Dia Mundial para a Paz, que será celebrado em 1º de janeiro de 2014, o primeiro do Papa Francisco. De acordo com um comunicado do Pontifício Conselho da Justiça e da Paz, o Pontífice escolheu a fraternidade como tema já que “desde o início do seu ministério como Bispo de Roma, destacou a importância de superar a ‘cultura do descartável” e de promover a ‘cultura do encontro’, para caminhar rumo à realização de um mundo mais justo e pacífico”.
Diante dos inúmeros dramas que atingem a família humana, como pobreza, conflitos, criminalidade organizada e fundamentalismos, a fraternidade é fundamento e caminho para a paz. Esses mesmos dramas e a cultura do bem-estar fazem perder o sentido da responsabilidade e da relação fraterna. Os outros, ao invés de nossos ‘semelhantes’, aparecem como antagonistas ou inimigos e muitas vezes como objetos. Não raramente, os pobres e os necessitados são considerados como um “fardo”, que impede o desenvolvimento. Ou seja, não são mais vistos como irmãos, chamados a compartilhar os dons da criação, os bens do progresso e da cultura.
Como afirmou em várias ocasiões o Santo Padre, é a fraternidade que pode vencer o difundir-se da globalização da indiferença e enraizar-se em todos os aspectos da vida, inclusive na economia, nas finanças, na pesquisa científica e na política.

terça-feira, 23 de julho de 2013

PAPA: “Não tenho ouro nem prata. Trago Cristo”


Peço licença para entrar e transcorrer esta semana com vocês. Não tenho ouro nem prata, mas trago o que de mais precioso me foi dado: Jesus Cristo”.

Para os jovens: “ide para além das fronteiras do que é humanamente possível e criem um mundo de irmãos”
Papa Francisco foi recebido pela presidente do Brasil, Dilma Rousseff, no Jardim do Palácio Guanabara, sede do governo do Estado do Rio de Janeiro em uma cerimônia na qual estavam presentes o governador do Estado, Sérgio Cabral, o prefeito da cidade, Eduardo Paes, representantes do governo, do corpo diplomático e convidados.

Depois da execução dos hinos nacionais, a presidente ressaltou que mais de 50 milhões de jovens brasileiros acolhem o Papa e os jovens de todo o mundo com os braços abertos.  Ela destacou que a Jornada Mundial da Juventude é uma oportunidade para renovar o diálogo pela justiça social, a solidariedade, os direitos humanos e a paz entre as nações.

A presidente assinalou os desafios que a sociedade brasileira enfrenta e os progressos que o país teve nos últimos anos, reconhecendo a colaboração da Igreja Católica na construção de um mundo melhor.
No seu discurso, feito em português, Papa Francisco demonstrou alegria ao voltar à América Latina em sua primeira viagem internacional. O Papa saudou os presentes, agradeceu a generosa acolhida e pediu licença para passar a semana no país. “Não tenho ouro nem prata, mas trago o que de mais precioso me foi dado: Jesus Cristo”

O Papa reforçou a vontade de se encontrar “com os jovens vindos de todas as partes do mundo, atraídos pelos braços abertos do Cristo Redentor”. Destacando o lema da Jornada Mundial da Juventude, o Papa expressou sua confiança nos jovens. “Energia alguma pode ser mais potente que aquela que se desprende do coração dos jovens quando conquistados pela experiência da sua amizade. Cristo ‘bota fé’ nos jovens e confia-lhes o futuro de sua própria causa: “Ide, fazei discípulos”. Ide para além das fronteiras do que é humanamente possível e criem um mundo de irmãos”.

“’A nossa geração se demonstrará à altura da promessa contida em cada jovem quando souber abrir-lhe espaço; tutelar as condições materiais e imateriais para o seu pleno desenvolvimento; oferecer a ele fundamentos sólidos, sobre os quais construir a vida; garantir-lhe segurança e educação para que se torne aquilo que ele pode ser; transmitir-lhe valores duradouros pelos quais a vida mereça ser vivida, assegurar-lhe um horizonte transcendente que responda à sede de felicidade autêntica, suscitando nele a criatividade do bem; entregar-lhe a herança de um mundo que corresponda à medida da vida humana; despertar nele as melhores potencialidades para que seja sujeito do próprio amanhã e corresponsável do destino de todos”

Na sequência, Papa Francisco teve uma audiência privada com a presidente da República, quando ofereceu a ela um presente, um mosaico chamado “Vista do Rio de Janeiro”, feito no Museu do Vaticano. Finalmente, o Papa saudou as famílias da presidente Dilma Rousseff, do governador do estado e do prefeito da cidade do Rio de Janeiro.

Fonte: Imprensa JMJ

segunda-feira, 22 de julho de 2013

Papa Francisco fará trajeto de papamóvel pelo centro do Rio de Janeiro

A programação do primeiro dia da visita do Papa Francisco ao Rio de Janeiro inclui um trajeto de papamóvel pelas ruas do Centro do Rio de Janeiro na próxima segunda-feira, 22. Todo o Séquito Papal se deslocará para o Palácio Guanabara, de helicóptero, não acompanhando o Santo Padre no passeio de papamóvel pela cidade. O Papa vem ao Rio para participar da Jornada Mundial da Juventude (JMJ Rio2013).
Ao desembarcar na base área do aeroporto Galeão, às 16h, o Papa Francisco segue de carro fechado até a Catedral Metropolitana. Lá, o Santo Padre embarcará no papamóvel, no qual circulará por ruas do centro da cidade. As informações foram divulgadas pelo Comitê Organizador Local (COL) da JMJ Rio2013.
O trajeto previsto é: Avenida República do Chile, Avenida Rio Branco, Rua Araújo Porto Alegre, Avenida Graça Aranha, Avenida Nilo Peçanha e novamente na Avenida Rio Branco em direção ao Teatro Municipal. Do Municipal, o Papa Francisco seguirá em carro fechado até o 3º COMAR (ao lado do Aeroporto Santos Dummont), onde embarca no helicóptero que o levará até o Palácio Guanabara. 
“A decisão corresponde à vontade do Santo Padre de aproximar-se, desde sua chegada, da população e atende, ainda, a questões logísticas ligadas ao deslocamento pela cidade”, de acordo com nota oficial do COL.
Estar com os brasileiros
De acordo com o monsenhor Joel Portella Amado, coordenador geral da JMJ Rio2013, a mudança de trajeto do Papa foi feita em conjunto com as autoridades brasileiras e de segurança do Vaticano. “A mudança de trajeto do Papa foi um planejamento feito em conjunto entre as autoridades brasileiras e as autoridades de segurança da Santa Sé em virtude principalmente da mobilidade da cidade. O Papa por um lado quer estar com as pessoas, mas não quer atrapalhar a mobilidade da cidade”, destacou.
O Papa Francisco pediu para estar com as pessoas não só na chegada ao Rio, mas em todos os dias da Jornada. “O Santo Padre gosta de estar com as pessoas, gosta de estar próximo, gosta desse contato. Quando estivemos com ele em Roma em janeiro, foi o primeiro pedido que ele fez ‘Eu quero estar com os brasileiros’’’, disse.
Segurança e mobilidade são dois critérios que têm sido pensados desde o início da Jornada, de acordo com o coordenador. “O Papa chega na igreja mãe da cidade que ele visita e termina o trajeto num grande centro cultural, e passando por algumas ruas onde o nosso povo vive, onde nosso povo trabalha, sofre se alegra. É o coração da cidade. É uma parte do centro histórico do Rio de Janeiro”, completou.
Com informações da Rede Globo.

quinta-feira, 18 de julho de 2013

Arcebispo fala sobre JMJ

D. Wilson, concede entrevista no Centro de Comunicação Divino Oleiro para as Rádios Cultura 1110AM, Católica 1500 AM e Conceição. Conversou com o Pe. Márcio sobre Semana Missionária, JMJ 2013 e juventude arquidiocesana.




quarta-feira, 17 de julho de 2013

Fique ligado na agenda de eventos da Comunidade Divino Oleiro


Próximos eventos da Comunidade Divino Oleiro, no CEAR.

- 20 e 21 de julho - Aprofundamento para Casais.

- 18 de agosto - Louvor das Famílias.

- 30, 31 de agosto e 01 de setembro - Congresso para Mulheres.

quarta-feira, 10 de julho de 2013

Convite: Lançamento do livro Preciosíssimo Sangue de Jesus

A Comunidade Divino Oleiro convida você e sua família para o lançamento do seu primeiro livro - Preciosíssimo Sangue de Jesus - .O lançamento acontece hoje (10/07) no CEAR, com a Santa Missa.

Participe e convide seus familiares.

sexta-feira, 5 de julho de 2013

Campanha do Preciosíssimo Sangue de Jesus

Estamos vivendo a Campanha do  Preciosíssimo Sangue de Jesus em nossos espaços de Evangelização.

Convidamos você a adquirir o CD Oracional da Campanha para ajudá-lo a viver diariamente este tempo tão especial.


Adquira seu CD nos Espaços Católicos e em nossas Rádios, livrarias.